Consiste em reduzir os efeitos dinâmicos causados pelo desequilíbrio residual dos rotores. O balanceamento também pode ser requerido por condições, como: o acumulo de material sólido ou a perda de massa por abração do rotor.

Um equipamento rotativo que esteja dentro das suas tolerâncias de desbalanceamento dinâmico, evita consumos elevados de energia e reduz a probabilidade de falha precoce de outros componentes, como os rolamentos.

Voltar ao Topo